Em todo o mundo, mais de 1 bilhão de pessoas convivem com a enxaqueca, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).